A alegria de cada dia

Não amarei apenas quem merecer

Não guardarei minha alegria para amanhã

Não serei feliz somente no final de semana

 

Não me poupo para o futuro

Prefiro viver imediatamente

Amar, lutar, sorrir agora

 

O amor não pode ser condicional

O final de semana dura só dois dias

E o amanhã pode nunca acontecer

 

No final de semana serei feliz também

Amanhã sorrirei, como hoje sorrio

E os merecedores já estão instalados em meu coração

 

Quero, porém, alterar esse roteiro

A vida acontece no presente

Aqui, agora, já

 

Quero também amar os ingratos, os brutos, os infiéis

E que, assim, a alegria faça permanente morada em meu peito

E a felicidade esteja no ar que respiro

 

2 ideias sobre “A alegria de cada dia

  1. Márcia gostei muito muito deste soneto . ,bem pensado é lindo ! Jesus aumente sua sabedoria .Beijos .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − três =