Parece que foi ontem…

 

Cinquenta anos se passaram

Ela ainda desperta com a antiga melodia:

“Acorda, minha bela namorada…”

 

Dezoito anos de idade

Um piquenique na primavera

Destinos que se cruzam

 

“Apenas garotos”, diziam ao redor

“É tempo de estudar, trabalhar…”

“Ainda é muito cedo para o amor!”

 

Qual a hora certa para amar?

“O futuro é um segredo que ninguém pode adivinhar”

Aos corajosos, a vitória

 

Secretamente, sonharam as vidas reunidas

Confiantes no amor, casaram-se

Trabalharam, estabeleceram-se

 

Vieram filhos, netos

A eles, a maior de todas as lições:

Amar é a única via possível

 

Cinquenta anos se passaram

Ele continua a ser o seu homem ideal

E ela, a sua bela namorada

 

2 thoughts on “Parece que foi ontem…

  1. Márcia
    Lindo poema.” Amar é a única via”
    É o segredo da felicidade. A salvação da humanidade.
    “Amai-vos uns aos outros , como eu vos amei”. Eis a fórmula do bem comum
    Abraços de Terezinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze + 10 =