A virada da Primavera

É comum fazer planos na virada do ano. Por que esperar até lá para começar as mudanças desejadas? Se eu realmente acredito que a felicidade está no momento presente, não há motivo razoável para não iniciar exatamente agora a vida nova que desejo.

A chegada da primavera é o ponto de partida para as mudanças. Ocorre que, como já temos visto ano após ano, as resoluções tendem a se tornar meras anotações numa folha de papel, logo esquecidas sob o amontoado de tarefas rotineiras. Se, como insistentemente repito, a vida é agora mesmo, é preciso virar esse jogo e tornar reais os planos e sonhos.

Vamos em frente! Papel e caneta na mão, o primeiro passo é anotar as resoluções de primavera. Não estabeleça limites nem freios. Vale tudo. Vai começar a correr? Perder peso? Pagar suas dívidas? Estudar uma língua estrangeira? Mudar de emprego? De cidade? Realizar uma viagem? Não reprima sua imaginação. Sonhe! Deseje! Reflita sobre quem você é e que deseja vir a ser. Esse é o seu Norte.

Uma vez esboçados os projetos mais amplos, é necessário pensar nas ações necessárias para torná-los realidade. É o momento de planejar o dia-a-dia que conduzirá à concretização dos sonhos. Se o objetivo é perder peso, que tal começar marcando uma consulta com um médico? A mesma dica vale para quem vai iniciar uma atividade física. Se o desejo é viajar, a primeira coisa a fazer é começar as pesquisas. Para onde gostaria de ir? Leia muito, converse com pessoas que já conhecem o destino, investigue tudo sobre o destino. Qualquer que seja o projeto, sempre haverá uma medida prática a ser adotada para avançar em sua execução.

O terceiro passo consiste na verdadeira chave do sucesso: não procrastine! Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje. Não adie. Não espere para ver como vai ficar. Não aguarde o futuro. Inicie hoje o seu projeto. Seja qual for a sua escolha, existe alguma coisa que pode ser feita hoje para aproximá-lo de sua meta.

Ninguém adia aquilo de que gosta. Quem adia o encontro com a pessoa amada? O encontro com os amigos? O lazer? O repouso? O papinho jogado fora? Existem ocasiões em que o adiamento é causado pelo medo, como acontece com muitas pessoas que, por temer que os exames tragam notícias ruins, adiam a visita ao médico. Embora se compreenda a dificuldade em enfrentar uma situação negativa, a procrastinação não mudará o quadro de saúde dessa pessoa. Ao contrário, a demora no tratamento poderá agravar a doença, se ela existir. E, se não existir, o adiamento em realizar o exame prolongará o estado de preocupação e stress.

Existem outras circunstâncias relacionadas à procrastinação. Há o medo do fracasso e quem não tenta não corre o risco de falhar. Se um estudante nunca prestar o vestibular, não será reprovado jamais. O mesmo ocorre com os concurseiros: eles perdem porque tentam. E, aprimorando-se a cada prova, aproximam-se de sua meta. Só completa uma maratona quem começa a correr.

E, por fim, não há como negar, existe a preguiça, essa malvada que traga os minutos de nosso dia, diminuindo nossos anos sem que percebamos. Cansaço não se confunde com preguiça. Cansaço é o que se sente após um dia de trabalho, ou uma manhã de exercícios físicos intensos.

Sim, e depois de todo esse bolodório, existe alguma coisa que possamos fazer para vencer o hábito de adiar e colocar em andamento nossos projetos de primavera? Ora, existem dezenas de manuais que propõem atitudes para superar a mania de adiar, basta olhar as prateleiras das livrarias. Algumas das dicas ali sugeridas podem ser implementadas imediatamente:

1. Quando estiver executando suas tarefas, elimine as distrações, como email, internet, facebook, bate-papo com colegas, televisão… Não devemos abrir mão do lazer, mas ele tem a sua hora e não deve invadir o tempo destinado aos nossos projetos, sob pena de inviabilizá-los.

2. Divida seu tempo em pequenos períodos com intervalos. Chamam essa técnica de “Pomodoro” e pode ser utilizado algum tipo de timer para marcar os intervalos. A ideia é trabalhar/ler/escrever, o que for, durante um certo número de minutos, fazer uma pequena parada e retomar a atividade. A divisão do tempo pode ser de 45 minutos de trabalho e 5 minutos de descanso. Isso é muito útil para quem está estudando. Mas é importante observar que o intervalo não deve ser ocupado com redes sociais ou TV. Esse tempinho livre serve para levantar um pouco, beber água, fazer um breve lanche, ir ao banheiro. E retomar a tarefa.

3. Estabeleça metas realistas e prazos razoáveis, nem tão longos nem curtos demais. Se as tarefas são bem dimensionadas, a probabilidade de serem bem executadas é maior. Se o tempo disponível é muito pequeno, as falhas e erros escapam com maior facilidade. Se o prazo é longo demais, estimula-se a procrastinação.

4. Aproxime-se de pessoas que não procrastinam nem perdem tempo. Adote a objetividade. Mantenha o foco no que precisa ser feito hoje. Se o que planejou para hoje der errado, não desista. Tente novamente. Insista.

5. Compartilhe seus projetos com pessoas em quem confia e que podem apoiá-lo nessa conquista. E, é muito importante lembrar, evite ou reduza ao máximo o contato com os “vampiros”, que sugam sua energia ou te desestimulam.

6. Construa uma rotina e discipline-se. Essa rotina pode ser simples, mas precisa ser seguida. Se vai estudar, tem que estudar todo dia, em um lugar tranquilo. Se vai se exercitar, precisa estabelecer o horário mais adequado e respeitá-lo.

7. Comemore cada tarefa completada. Reconheça-se vitorioso em cada pequena atitude positiva realizada. Orgulhe-se de suas conquistas. Seja seu próprio fã.

8. Faça novos planos, porque a vida é hoje mas os sonhos nos mantém voando alto.

6 thoughts on “A virada da Primavera

  1. Márcia
    Com o início da primavera houve também uma agradável mudança do clima. O frio que me deixava preguiçosa para levantar cedo, cedeu lugar ao calor ainda ameno e estimulante
    Eu que já me exercitava no inverno estou com bem mais disposição de usar a piscina.
    Quanto aos projetos de vida, concordo plenamente com você. Não sabemos se teremos oportunidade de realizar todos os nossos projetos. Não devemos adiá-los como se fôssemos senhores do tempo.
    Os anos passam numa velocidade incrível, quando percebemos, já foi!
    O momento é agora, sei disso. Entretanto as pessoas muito tímidas não têm coragem de avançar em seus empreendimentos, não têm coragem de arriscar porque não suportam bem um possível fracasso. Talvez porque valorizem muito as opiniões dos outros.
    Mas a vida é assim mesmo, e a graça está nas diferenças. Já pensou, se todos pensassem e agissem do mesmo jeito? Que chatice seria!
    Um abraço de Terezinha

  2. Márcia,
    Antes devo dizer como achei linda a foto de abertura do texto.
    Concordo com tudo que você disse. Já comecei meu projeto.
    Eu sou uma das pessoas que ama a primavera.
    O inverno é muito triste.
    Adoro acordar e ver o sol invadindo o quarto. Dá vontade de sair, andar, fazer exercício… O que não acontece no inverno.
    Beijos.

Deixe uma resposta para lindoia santana Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + dois =