Brownie de minuto

Nos tempos atuais, todo mundo pesquisa suas receitinhas na internet.  Eu ainda guardo minhas coleções de de livros, revistas e cadernos de culinária. Mas nem por isso abro mão da leitura de alguns blogs muitos legais.
Quando comecei a cozinhar, comprei alguns livros muito bonitos mas totalmente fora da minha realidade. Não conseguia encontrar os ingredientes das receitas nem conhecia as técnicas sofisticadas daqueles pratos elegantes. O tempo foi passando e permaneci com a febre de colecionadora. Copiei em um caderno as receitas de minha mãe (poucas, pois ela guarda todas na memória), comprei várias revistinhas nas bancas e comecei a testar.
Continuo uma cozinheira muito medíocre, mas hoje já não dependo da seção de comida pronta do supermercado e consigo criar meus próprios pratos com alguns ingredientes. Na verdade, meu irmão mais velho cozinha maravilhosamente bem, de baião-de-dois a paellas, e isso faz toda a diferença. Ou seja, em eventos familiares, para não passar vergonha, não me arrisco nos pratos que ele prepara. Além do mais, como sou alérgica a frutos do mar, não posso comer e nem me interesso por muita coisa boa que existe.
Mas esse bolodório todo é apenas introdução para a história do brownie de minuto.
Eu tenho uma receita de brownie feito com açúcar mascavo, assado forno, que forma uma casquinha crocante etc etc. Fazia essa receita sempre que queria fazer uma receita fácil. Mas fácil mesmo foi a receita que li no blog naminhapanela.com.
Como fiquei louca para experimentar a receita, e não tinha chocolate em pó, minha primeira versão da receita ficou assim: 1 colher de margarina, 1 colher de açúcar, a colher de Nescau, 2 colheres de farinha de trigo e 2 colheres de leite desnatado. Observação: sempre a colher de sopa. Na própria xícara de chá em que ia assar o brownie, derreti a margarina (30 segundos no microondas). Então acrescentei todos os ingredientes e mexi bastante até ficar uma massa bem homogênea. Coloquei um minuto no microondas e pronto. Comi ainda quente.
Fiz para minha filha que havia acabado de chegar da prova e ela adorou. Fiz para meu namorado e aí não parei mais. Distribui a receita. Primeiro para ele, meu amado, que já repassou a receita para os meninos dele. Depois enviei a receita para o email de minhas colegas de trabalho. Essa receita já rendeu até sobremesa de dia dos pais na casa de uma de minhas amigas, em uma versão feita com Ovomaltine.
Ainda estou testando versões da mesma receita, mas a dica é quebrar dois quadradinhos de chocolate meio amargo e misturar com a massa antes de assar. O chocolate fica derretido pelo meio do brownie. Vale a pena experimentar. Ainda que tenha que passar fome o resto da semana..

1 thought on “Brownie de minuto

  1. Pingback: Culinária cenográfica (Brownie) | Intenção e Gesto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 10 =