Autora

 

Sou Márcia Sampaio. Soteropolitana, nasci na década de setenta, em família que, de tão barulhenta, podia ser italiana. E, entre avós e tios, cresci amando livros. Muito escrevi em tempos adolescentes, até descobrir que não era tão boa quanto Clarice, Cecília, Bandeira e Drummond. Rasguei meus escritos e me dediquei, por mais de vinte anos, à escrita jurídica. Cresci, vivi, amadureci e agora, na virada dos quarenta, volto à escrita como expressão do melhor e do pior em mim.

Para os que já me conhecem, compartilho meu ponto de vista sobre as velhas histórias e temas já conhecidos. Àqueles que agora me descobrem, a melhor apresentação está nos textos que escrevo. A todos convido para essa viagem “ao infinito e além”.