Novembro azul

(Imagem:”combate ao cancer.com”)

 

No mês passado, vestimos rosa, em apoio à campanha de prevenção ao câncer de mama. Agora chegou a vez deles. O novembro Azul (ou Movember) é um campanha realizada por diversas entidades no mês de novembro com o objetivo de orientar a população masculina sobre a importância do exame de toque retal e PSA para diagnóstico precoce do câncer de próstata.

A próstata é uma glândula presente nos homens, localizada abaixo da bexiga e à frente do reto. O câncer pode ser descoberto inicialmente no exame físico que enfrenta a resistência de muitos homens – o toque retal – combinado com o resultado de um exame no sangue (dosagem do PSA). Se detectado o tumor, só a biópsia é capaz de confirmar a presença de um câncer.

Segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer), o câncer de próstata é mais incidente do que o de mama e, no Brasil, o preconceito faz com que muitos homens não realizem os exames que permitem o diagnóstico precoce. Em pesquisa realizada em 2009 pelo Datafolha para a SBU (Sociedade Brasileira de Urologia), apenas 32% dos homens brasileiros declararam que já haviam realizado o exame de toque retal.

É importante ressaltar que, quando descoberto ainda no início, o câncer de próstata é curável em 90% dos casos. Em sua fase inicial, todavia, praticamente não há sintomas. Os sintomas são similares aos do tumor benigno da próstata, relacionando-se ao ato de urinar, como urgência, dificuldade e levantar várias vezes à noite para ir ao banheiro. Daí a importância da realização da consulta anual ao urologista para o acompanhamento da glândula.

Embora o câncer de próstata seja considerado uma doença da terceira idade, o Inca alerta que a sua prevenção se inicia na juventude, com a adoção de um estilo de vida saudável: uma dieta rica em frutas, verduras e cereais integrais e com menos gordura. Recomenda-se, ainda, a manutenção do peso adequado, a realização de atividade física regular, a redução do consumo de álcool e a eliminação do cigarro.

O Inca salienta, ainda, o forte caráter hereditário da doença, o que aumenta de 3 a 10 vezes o risco para homens com pais ou irmãos que tiveram a doença antes dos 60 anos. Por isso, embora seja recomendada, como regra geral, a realização do exame de toque retal e dosagem de PSA a partir dos 50 anos, aqueles que têm casos de familiares diagnosticados com câncer de próstata antes dos 60 anos devem iniciar o acompanhamento médico e laboratorial aos 40 anos.

É tempo de vencer o medo, a ignorância e o preconceito. Em novembro, vamos todos nos unir na campanha de prevenção ao câncer de próstata.

3 ideias sobre “Novembro azul

  1. Olá Márcia.
    Muito oportuna a sua observação sobre o novembro azul. Já não era sem tempo uma campanha desse teor. Os homens, com raras e honrosas exceções, são descuidados com a saúde. Eles vivem intensamente com se não houvesse o amanhã. A prevenção deve ser o mais precoce possível, de preferência na infância com uma alimentação saudável para aumentar a imunidade. Vamos incentivar os nossos amigos medrosos, avisando que o exame é praticamente indolor.
    Abraços de Terezinha

  2. Olá Márcia!
    Muito útil esse seu texto de hoje. A prevenção é o melhor meio de tratar certas doenças!
    Beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − um =